Serviços

Raio e instalações elétricas

Confira as dicas de proteção que a JA Para-Raios oferece a você.

Para-raios externos

São projetados para projetar as edificações e, em parte, as pessoas que nelas estão. A sua função é levar a energia do raio com segurança para a terra. Sua instalação deve seguir norma específica (NBR 5.419/2005) por técnicos especializados. O para-raios externo não protege os aparelhos eletroeletrônicos, pois não elimina os surtos elétricos.

Como proteger seus equipamentos

Filtros de linha, estabilizadores e no-breaks (o item 5.5 da NBR 5.410:1997 – proteção contra quedas e faltas de tensão regulamenta estas instalações).

São utilizados em computadores e equipamentos eletrônicos que necessitem de um fornecimento de energia ininterrupto e estável.

Também é possível proteger os equipamentos ligados à rede telefônica. Os filtros de linha eliminam ou atenuam apenas ruídos de radiofrequência e interferências eletromagnéticas geradas na própria instalação. Já os estabilizadores funcionam para minimizar variações lentas e pequenas de tensão na rede elétrica.

A principal função do no-break é fornecer energia ininterrupta aos equipamentos, mesmo na ausência total de energia proveniente da rede elétrica.

Mas atenção: os filtros de linhas, estabilizadores e no-breaks não protegem totalmente os equipamentos, pois eles não oferecem proteção contra os surtos elétricos.

DPS – dispositivo protetor de surto (o item 5.4.3 da NBR 5.410:1997 – sobretensões de origem atmosférica regulamenta estas instalações)

Um dos dispositivos disponíveis no mercado são os DPS, dispositivo protetor de surtos. É um equipamento eletrônico que fica instalado no quadro de distribuição central de rede elétrica, como se fosse um disjuntor, porém fica paralelo à rede elétrica da residência, sem interromper a distribuição de energia em caso de mau funcionamento deste dispositivo.

Como o próprio nome diz, este dispositivo só protege as instalações contra os surtos, ou seja, quando uma descarga atmosférica incide direta ou indiretamente na rede elétrica que alimenta sua residência, e contra a corrente induzida que atingiria os equipamentos. Caso este não fosse utilizado, passa por ele.

São indicados para regiões onde a incidência de descargas atmosféricas é igual ou superior a 25 dias/ano e estão disponíveis para proteção de surtos de 8ka a 90ka.

Quando os aparelhos não possuem protetores adequados, em caso de tempestades, desligá-los da tomada é o mais recomendado.

Como se proteger durante as tempestades

Atitudes e cuidados simples podem evitar prejuízos e acidentes. Fique esperto!

Dicas de segurança dentro de casa:

  • Não tome banho durante as tempestades
  • Não use chuveiro ou torneira elétrica (secador, chapinha etc.)
  • Evite contato com qualquer objeto que possua estrutura metálica, tais como fogões, geladeiras, torneiras, canos etc.
  • Evite ligar aparelhos e motores elétricos para não queimá-los
  • Afaste-se das tomadas e evite utilizar o telefone
  • Desconecte das tomadas todos os aparelhos e eletrônicos, tais como televisores, computadores e som
  • Desligue os fios de antena dos aparelhos
  • No banho
      • Evite usar chuveiro. Tomar banho durante tempestades não significa que o raio vá cair dentro da sua casa, mas pode atingir as linhas de energia na rua e provocar sobretensão na rede. O resultado pode ser um choque em quem estiver debaixo-d’água.
  • Telefone
      • Falar ao telefone também pode ser perigoso e deve ser evitado por causa da sobretensão na rede.
      • Se os aparelhos eletroeletrônicos não estiverem protegidos, é recomendável mantê-los desligados.
  • Nadando
      • Em superfícies lisas, como piscinas, rio ou mar, a cabeça do banhista é o ponto mais alto na área, atraindo os raios.
  • No futebol
      • O perigo aqui é similar ao que ocorre quando está nadando.
  • Zona Rural
      • O problema também existe no campo. Se um trabalhador estiver arando a terra ou dirigindo um trator sem capota, ele corre riscos. Em uma cabine sem proteção, a cabeça é o ponto mais alto.
  • Arvores
      • Ficar em locais onde há uma árvore pode ser arriscado. A árvore atrai o raio. Numa floresta, a situação é diferente.
  • Carro
      • Permanecer dentro do carro é uma ótima proteção, pois o veículo é blindado a raios. É bom fugir do contato com material inflamável.
  • Observações
      • Atentar às normas vigentes (ABNT) para instalação elétrica em baixa tensão (NBR 5.410) e para sistemas de proteção contra descargas atmosféricas SPDA (NBR 5.419/2005) na execução dessas instalações.

Conte com nossos serviços!


Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio Foto Para Raio